segunda-feira, 4 de fevereiro de 2019

Plantão de Polícia. Aracati, Jaguaruana e Russas/CE

LESÃO CORPORAL Á MORDIDAS DE CACHORROS EM RUSSAS/CE
Ontem domingo 03/02/2019, por volta das 07 h, na avenida Gonçalves, bairro de Fátima, em Russas-CE, a Sra. MARIA
LUCIANE DA SILVA, natural de Jaguaruana, residente no referido local, estava tentando colocar uma cachorra de raça pitbull para dentro da residência, após a mesma ter se soltado e ficado na rua, porem a mesma foi atacada pela cachorra e por outro cachorro da mesma raça. A vítima teve seu rosto desfigurado no lado direito e lesionados na perna e braço direito, sendo socorrido pelo SAMU 059. O casal de cachorros, pertencem a um casal de sobrinhos da vítima: ISRAEL CESAR DE OLIVEIRA 32 anos, e ISRAELLE CRISTINA DE OLIVEIRA 31 anos, ambos filhos de Manoel Gutemberg de Oliveira e de Maria do Socorro Silva, residentes no local da ocorrência. Israelle também foi socorrida com mordidas na perna esquerda. Os PM’s da RP 1771 adotaram as medidas necessárias no local da ocorrência

HOMÍCIDIO Á BALA EM JAGUARUANA/CE
Domingo 03/02/2019, por volta das 06 h, foi encontrado morto por disparos de arma de fogo próximo ao rio da Barra, no bairro DNOCS em Jaguaruana, a pessoa de LUCAS DAVI DE OLIVEIRA 19 ANOS, conhecido por; (balacubaco)  desocupado, natural de Jaguaruana, na Travessa Monsenhor Aluísio, bairro Juazeiro, a vítima foi morta atiros no altura do lado esquerdo do rosto e no centro da região do toráx. A VTR CP 1801 foi acionada e ao chegar no local constatou o óbito. A composição realizou o isolamento da área e acionou o rabecão e a perícia, o perito que atendeu a ocorrência foi o perito na viatura de número 7033, o corpo da vítima foi recolhido pelo rabecão e levado para o IML em Russas.

PRISÃO POR TRÁFICO DE DROGAS EM ARACATI/CE
Domingo, 03 de fevereiro, por volta das 18h, na localidade de Lagoa dos Porcos, zona rural de Aracati/CE, uma denúncia levou a prisão de Antônia do Nascimento Lima, vulgo: “Toinha”; de 43 anos, ela que foi flagrada em um bar de sua propriedade com 8g de cocaína, 4g de crack, vários sacos para embalagem e comercialização de droga e uma quantia de R$ 55,00 reais em dinheiro supostamente proveniente da venda da droga. A suspeita foi conduzida para a Delegacia local onde foi autuada por tráfico de entorpecentes.

Fonte: 1° BPM Russas

Mortes por intervenção policial no Ceará aumentam cinco vezes em 6 anos
As estatísticas mostram que, com o passar do tempo, as atuações de policiais cearenses vêm resultando em mais mortes. Nos últimos seis anos, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) contabilizou que 669 pessoas morreram em decorrência de ações que contaram com a intervenção da Polícia. Quando comparado os anos de 2013 a 2018, o número aumentou 434%.

Conforme dados da Pasta, em 2013, foram registradas 41 mortes por intervenção policial. A cada novo balanço anual, o número de mortos aumenta. Em 2014, passou para 53 casos; em 2015, chegou a 86; 2016, a 109; 2017 fechou com 161; até que em 2018 chegasse ao número de 219 ocorrências fatais.

Um dos primeiros casos ocorridos já neste ano de 2019 envolveu o filho do eletricista Roberval Almeida de Meneses. Aos 18 anos, Ezequiel Calebe Gonçalves de Almeida, sem antecedentes criminais, foi alvejado por disparos após não obedecer a uma ordem de parada dada por PMs.


A cada novo balanço anual, o número de mortos em ações policiais aumenta. Foram 669 vítimas nos últimos seis anos.
FOTO: HELENE SANTOS
A perseguição aconteceu na noite do último dia 24, no bairro Bom Jardim. Segundo a Polícia Militar do Estado do Ceará (PMCE), durante patrulhamento de rotina, uma composição avistou uma moto com dois ocupantes em altíssima velocidade. Quando os PMs se aproximaram do veículo, um dos ocupantes da moto sacou uma arma de fogo e começou a disparar contra os policiais.

A fala de Roberval Almeida pontua outra versão acerca do caso. Inconformado com a morte do filho caçula, o eletricista garante que o jovem de 18 anos não estava armado e em nenhum momento fez ação de atirar contra os PMs.

"Eu acho que ele fugiu da abordagem porque era usuário de droga. Não vou mentir dizendo que meu filho era santo, mas matar assim? Não sei por que não atiraram no pneu", questionou Roberval. A SSPDS afirmou que, com os dois suspeitos, foi apreendido um revólver calibre 22.

A Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Defesa Social (CGD) disse já ter determinado a instauração de investigação preliminar para a apuração na seara administrativa referente ao caso. Já a SSPDS acrescentou que "todas as mortes por intervenção policial resultam na instauração de inquéritos policiais que são submetidos à apreciação do Ministério Público".

Memória

Um dos casos com intervenção de militares que mais repercutiu no Estado do Ceará aconteceu em 2013, e até hoje é lembrado. No dia 26 de janeiro de 2013, dois jovens foram mortos enquanto estavam em uma festa de Pré-Carnaval no Bairro Ellery. Policiais do Ronda do Quarteirão chegaram ao local pedindo para baixar o volume dos paredões de som e, segundo testemunhas, quando proprietários dos veículos se recusaram, os policiais começaram a efetuar disparos.

Na data, morreram Ingrid Mayara Oliveira Lima, de 19 anos, e Igor de Andrade Lima, 16. Há dois dias, amigos e familiares das vítimas promoveram um ato em memória e Justiça para os jovens. No fim de 2017, os ex-policiais militares Raimundo Vieira da Costa e José Raphael Olegário França, acusados pelo duplo homicídio, foram absolvidos em primeira instância. O Ministério Público recorreu da sentença.

Por: DN.

Nenhum comentário:

Postar um comentário